Este texto é parte integrante do Blog "a luz dA Luz"

 

Clique e faça uma visita, para ler sobre outros assuntos ligados ao espiritualismo e evolução.

 

 

 

Chakras, nossos Portais de Energia – Parte 1

De: Eduardo Rosinelli

 

Nosso corpo não seria completo se ele fosse apenas “físico”. Seríamos apenas “zumbis” sem alma, sem essência, sem sonhos, nem ambições. Seriamos apenas indivíduos formados por átomos, cuja vida está baseada no elemento Carbono.

 

Repito abaixo, uma das frases que mais faz sentido, para aqueles que crêem no “algo a mais”:

 

“É difícil aceitar pura e simplesmente a hipótese de que tudo aquilo que determina a essência do ser humano – suas alegrias, suas tristezas, suas memórias e suas ambições – se resume ao mero comportamento de um amontoado de neurônios.”

 Francis Crick, o cientista britânico que descobriu o DNA em seu livro: “A busca Científica da Alma”.

 

Pois bem, partindo do princípio que nosso corpo é formado por matéria e Luz*, vou falar um pouco sobre os Centros Energéticos de nosso corpo, os Chakras.

 

*Luz = alma, chama trina, aura, corpos sutis, chakras, entre outros.

 

A Palavra “Chakra” é de origem sânscrita e significa “roda”. Esse nome foi escolhido, pois os chakras giram em nosso corpo, em alta velocidade e na maioria das vezes, no sentido horário.

 

Nosso corpo possui centenas de chakras, espalhados pelas mais diferentes partes de nosso corpo físico, porém comentarei apenas sobre os 7 chakras principais, os que realmente fazem a diferença para vivemos melhor, em mais harmonia.

O ideal é que todos os chakras estejam equilibrados, ritmados, girando rapidamente, trocando Luz com o Universo de modo harmônico, alimentando todos nossos órgãos de Energia Divina Vital (Prana).

 

A boa vibração de nossos chakras permite o bom funcionamento de nosso corpo físico, mental e espiritual. Quando somos atingidos por alguma doença, o chakra correspondente ao órgão doente, sofre um desequilíbrio. Informo com absoluta certeza, que harmonizar o chakra desarmônico é um passo importante para conquistarmos a cura de uma doença, em conjunto é claro, com a Medicina tradicional. Já comentei em textos anteriores que a união da Cura Prânica com a Medicina tradicional pode operar milagres. É uma pena que a grande maioria dos “curadores” preferem atacar uns aos outros, a se unirem. É uma pena, originada na descrença e principalmente no ego inflado de cada uma das partes.

 

Pois bem, os principais Chakras são:

 

 

 

- Chakra Coronário

 

É o Sétimo Chakra de nosso corpo. Localiza-se bem no alto de nossa cabeça e rege principalmente o nosso Cérebro.  Mas está ligado diretamente à parte mental e espiritual do corpo.

Veja na figura abaixo do texto, a localização de todos os Chakras.

 

É o responsável por nossas conexões com o Mundo Espiritual Consciente, com os Seres de Luz (ou não). É o que mais brilha e vibra durante uma meditação ou uma oração, pois é nosso “portal de comunicação” com a Luz Divina.

Apresenta-se geralmente nas cores Branca e Violeta.

 

Quando equilibrado, nos proporciona uma dose maior de Consciência Universal, Sabedoria, Inspiração e maior facilidade para “conversarmos” com nossos Guias.

Quando desequilibrado, pode ocasionar estados depressivos e de desânimo.

 

Para equilibrar esse chakra, recomendo uma meditação usando um cristal de ametista ou um quartzo branco.

Em estado “meditativo”, pegue o cristal com a mão direita e gire-o sobre o chakra (a aproximadamente 7 cm de distância), no sentido horário, vibrando a perfeita harmonia deste chakra. Uma frase que costuma funcionar neste momento é o uma variação do mantra de Jesus, que diz “Eu Sou a Ressurreição e a Vida”, ou seja, a variação seria:

 

“Eu sou a Ressurreição e a Vida, do perfeito equilíbrio e harmonia Universal do meu Chakra Coronário”.

Fazer esse exercício por pelo menos 3 minutos, girando o cristal, repetindo o mantra e imaginando a “mão de Jesus”, espalmada sobre o chakra, como que te abençoando e irradiando a Luz dEle sobre você. Claro, tudo isso em estado de meditação, com o corpo relaxado e ouvindo uma musica própria pra meditação.

 

É importante salientar que tanto o Chakra Coronário como o Chakra Frontal (abaixo) estão intimamente ligados por um cordão de energia que passa dentro do cérebro. Portanto se um está desequilibrado, pode interferir no equilíbrio do outro.

E se trabalharmos o equilíbrio de um, teremos também que trabalhar o equilíbrio do outro. Se não for dessa forma, o trabalho não estará perfeitamente concluído.

 

 

 

- Chakra Frontal

 

É o Sexto Chakra de nosso corpo, também conhecido como “Terceiro Olho”. Localiza-se em nossa testa, logo acima do ponto formado entre nossas sobrancelhas e rege principalmente a porção mais inferior de nosso Cérebro.

 

É o responsável por nossa memória, imaginação, concentração e aos órgãos da visão, audição e sistema nervoso.

 

Apresenta-se geralmente na cor Azul Marinho.

 

Quando equilibrado, nos proporciona melhor intuição, imaginação, concentração e também a visualização do tal “algo a mais”.

Pessoas com mediunidade avançada, vêem através do Terceiro Olho, os espíritos e outras entidades “não físicas”. É através do “Terceiro Olho” que algumas pessoas vêem aquilo que os dois olhos do corpo não conseguem ver.

Quando desequilibrado, pode ocasionar desconcentração, dor de cabeça, distúrbios auditivos e oculares. (informação boa para Oftalmos, Ortoptistas e Otorrinos)

 

Para equilibrar esse chakra basta seguir a orientação anterior (do Coronário) com algumas diferenças:

Os cristais mais indicados são a Turmalina Azul ou a Azurita

O Mantra, obviamente será:

 

“Eu sou a Ressurreição e a Vida, do perfeito equilíbrio e harmonia Universal do meu Chakra Frontal”.

 

 

 

- Chakra Laríngeo

 

É o Quinto Chakra de nosso corpo. Localiza-se bem em nossa garganta e rege as cordas vocais, boca, tireóide, nariz e ouvidos, além da garganta obviamente.

 

É o responsável por nossa comunicação verbal, verbalizações e expressões.

É um chakra também utilizado para tratar de stress, pois uma das características de uma pessoa estressada, é estar com o Laríngeo em desarmonia.

 

Apresenta-se geralmente na cor Azul Celeste.

 

Quando equilibrado, nos proporciona melhor comunicação, formas de expressão, entendimentos.

Quando desequilibrado, pode ocasionar as dificuldades de expressão e comunicação, timidez, medo de expor idéias em público.

 

Para equilibrar esse chakra basta seguir a orientação anterior (do Coronário) usando agora, cristais como o Quartzo Azul e Turquesa.

 

 

 

 

 

 

Bom, quem já conhece este Blog, sabe que eu não gosto de textos muito longos. Por isso, apresento esses 3 chakras essa semana, e concluo o assunto “chakras” na semana que vem, com os 4 restantes. Basta acessar o blog “a luz dA Luz” e encontrar a parte 2 deste texto.

 

Existem outras formas de equilibrar os chakras, mas apresentei aqui apenas uma delas que tem se mostrado bastante eficaz.

 

Uma dica é equilibrar primeiro o chakra que está em desequilíbrio, mas mesmo assim deve-se buscar equilibrar a todos sempre, pois a desarmonia de um, pode desencadear desarmonias menores em outros.

 

Concluo esse assunto na próxima semana, ok?

 

Obrigado! Que Deus nos ilumine sempre.

 

Curta a fanpagea luz dA Luz” no Facebook e tenha acesso a mais orações e informações sobre Espiritualidade. Clique aqui!

 

 

 

 

 

Visite o Blog  “a luz dA Luz”

 

 

 

 

a luz dA Luz

no Facebook

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


_