Este texto é parte integrante do Blog "a luz dA Luz"

 

Clique e faça uma visita, para ler sobre outros assuntos ligados ao espiritualismo e evolução.

 

 

 

Deus, em poucas palavras...

De: Eduardo Rosinelli

 

Não leia este texto antes de livrar-se dos pré-conceitos. Abra sua mente. Apenas reflita com a sabedoria inerente de teu Ser.

 

Mas, como descrever DEUS em poucas palavras? A principio seria uma missão impossivel. Mas usando conceitos de dualidade, conseguimos descrever infimamente a sua Grandeza...

 

_________

 

Deus,

O Onipotente, O Onipresente, O Eterno, O Altíssimo, cuja centelha pulsa dentro de cada um de nós.

Se tu respiras, é porque Deus está dentro de ti, mesmo que você não O veja, não O sinta e nEle não creia. Ele está aí, agora e para todo o sempre.

Deus é o Todo, pois guarda em Si os limites antagônicos da Dualidade.

É o Feminino e também o Masculino;

É o Pai e também a Mãe;

É o Positivo e também o Negativo;

É o Ator Principal e também o Coadjuvante;

É o que faz chorar e também o que enxuga a lágrima;

É o Par e também o Impar;

É o Tudo e também o Nada;

É o que gera o Caos e também o Equilíbrio;

É a Ação e também a Reação;

É o Mestre e também o Aprediz;

É a Luz e também a Escuridão;

É o Absoluto.

Senhor, a Ti entrego meu espírito.

_________

 

Vou tentar explicar alguns pontos sobre o que acabei de escrever.

 

O Feminino, o Masculino, o Pai e a Mãe:

Nossos pais terrenos cederam cada um, uma minúscula parcela de seus corpos, para unidos, gerar a nossa vida atual.

Deus, Fonte Consciente de Energia, cedeu uma minúscula parcela de seu Ser, para gerar nossa vida eterna.

 

O Positivo, o Negativo:

No sentido primordial destes dois estados, se um deixa de existir o outro é simplesmente anulado, pois perde totalmente sua função e sua magnitude. Não haveria “movimento”, não haveria “referência”, não haveria “evolução”.

Não há Luz, sem os pólos positivo e negativo...

 

O Ator Principal, O Coadjuvante:

Quando estamos bem, com alegria, saúde, dinheiro no banco e amigos, Deus passa a ser um mero Coadjuvante em nossas vidas. Raramente nos lembramos dEle para lançar um simples “obrigado”. Quando passamos por dificuldades, Deus é elevado a Ator Principal de nossas lembranças e principalmente de nossas súplicas.

 

O Choro e o Conforto:

Para alcançarmos a plenitude, nossa vida deve estar em movimento constante o que certamente irá gerar um turbilhão de emoções oscilantes, responsáveis por vários aprendizados. Somos lançados em situações alheias às nossas vontades, mas no final de cada uma delas, temos a sagrada e gratificante sensação de mais um obstáculo que foi transposto, com luta, garra, determinação e Fé!

 

O Par e o Impar:

O Par representado pela Dualidade e o Impar representado pela Santíssima Trindade; O Pai, O Filho e O Espírito Santo.

 

O Tudo e o Nada:

Significa nossa sintonia com Deus. Ele está em TODOS os lugares e para que possamos receber sua Graça, temos que estar em sintonia com sua Luz, caso contrário Ele nada poderá fazer por nós. Vide o texto “A Lei do Rádio”.

 

O Caos e o Equilíbrio:

É um dos pontos mais importantes de nossas existências. É o que nos lança pra frente, é o que concretiza nossos objetivos (viver no caos, buscando um pouco de equilíbrio). É o que nos poupa da chatice extrema de uma “vida linearmente perfeita”.

 

A Ação e a Reação:

“Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido”.

Essa frase diz tudo....

 

O Mestre e o Aprendiz:

Seguiremos Tuas palavras, Teus Ensinamentos e Teus mandamentos. Porém nosso livre-arbítrio e nossa capacidade inerente de raciocínio nos dá liberdade de ação e pensamento, para que possamos sim trocar ensinamentos com nosso Mestre.

Em sua Bondade e Humildade infinitas Ele apenas sorri, satisfeito pela nossa Obra e Atitude.

 

A Luz e a Escuridão:

Assim como o Dia e a Noite, precisamos vivenciar momentos de Escuridão, para entendermos o que é a Luz. E precisamos vivenciar momentos de Luz, para entendermos o que é a Escuridão. Só assim podemos ter referências em nossas vidas. Sem referência não existe aprendizado. Sem aprendizado não existe EVOLUÇÃO.

Simples Mensagem: No Caos da freqüente alternância entre o dia e a noite é que existe o equilíbrio necessário à manutenção da vida em nosso planeta. Já pensou se o Sol brilhasse 24 horas por dia?

 

O Absoluto:

Simplesmente DEUS, em sua definição mais complexa e ao mesmo tempo mais simples (Olha a Dualidade aí de novo! Mesmo em um termo único a Dualidade está presente.)

 

A Ti entrego meu espírito:

Tire suas próprias conclusões...

 

Eu poderia escrever milhões de páginas falando sobre Deus, mas como prometi, o faria “em poucas palavras”...

 

Se tiver um tempinho a mais, leia também o texto: Eu evoluo, nós evoluímos, Deus evolui!” - Mas mantenha-se livre dos pré-conceitos. Continue com sua mente aberta. Apenas reflita com a sabedoria inerente de teu Ser, antes de ler...”.

 

Boa semana a todos. Agradeço a sua visita.

 

 

Curta a fanpagea luz dA Luz” no Facebook e tenha acesso a mais orações e informações sobre Espiritualidade. Clique aqui!

 

 

 

 

Visite o Blog  “a luz dA Luz”

 

 

 

a luz dA Luz

no Facebook

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_